Seguidores

domingo, 21 de maio de 2017

Tarte gelada de whisky.

Tarte gelada de whisky.

Quem não conhece a famosa tarte de whisky, que se vende às fatias nos restaurantes, um clássico da “Olá” que todos já provámos?
Digamos que é uma mistura entre um gelado de baunilha e um flan com aroma a whisky. É também uma sobremesa que pode fazer e congelar, tirando uma fatia sempre que lhe apetecer. Quando receber visitas, já tem uma deliciosa sobremesa preparada: basta retirar do frio uma hora antes de servir.
Não é uma sobremesa fácil de fazer, pois a preparação é demorada, tem muitas etapas e algum tempo de espera. Se tiver dois copos Bimby é mais rápido.
Um truque simples consiste em fazer o bolo com antecedência, mantendo-o congelado. Quando quiser fazer a tarte de whisky, ou outro semifrio, já têm a base pronta! Eu deixo a receita. Porém, se sofre de preguiça, pode optar por comprar uma base de bolo já feita, à venda nos supermercados.
Vai precisar de uma forma de 23 x 9 cm. (Pode ser mais larga, mas a tarte ficará mais baixa. Certo é que, mais baixa, rende mais fatias…).
Vai precisar de fita de acetato para por à volta da forma, para que, ao desenformar, o semifrio fique direitinho. Eu não tinha fita e então usei papel vegetal; não ficou perfeito, mas funcionou.






Então aqui vai a receita:
Ingredientes do bolo:
120 gr farinha tipo 55
120 gr de açúcar
4 ovos
1 colher de chá de aroma de baunilha
1 pitada de sal

Ingredientes do Recheio:
800 gr de natas com 35 % de gordura (200 gr das quais para usar posteriormente na decoração, mas aproveito e bato juntas para não implicar mais uma lavagem do copo).
150 gr de açúcar em pó, que será dividido pelo creme amarelo, pelas natas e pelas claras.
80 gr de leite
4 ovos L
15 gr de gelatina em pó ou 6 folhas de gelatina incolor + 60 gr de leite à temperatura ambiente (para hidratar a gelatina).
80 gr de whisky

Ingredientes para o Xarope:
100 gr de água
100 gr de açúcar
70 gr de whisky
Ingredientes para a cobertura:
4 gemas de ovos L
150 gr de água
150 gr de açúcar
2 folhas grandes de gelatina
Açúcar q.b para queimar

Decoração:
As natas que já montámos no passo do recheio, e amêndoa torrada partida.

Vamos lá a preparação:

Preparação xarope:
Coloque no copo da Bimby a água e o açúcar e programe 10 min/100º/vel 2.
Junte o whisky e programe 5 seg/vel 5. Retire e deixe arrefecer.

Preparação do bolo:
Pré-aqueça o forno a 180º, forre a forma com papel vegetal e manteiga.
Coloque no copo a borboleta, adicione os ovos e o açúcar e bata 6 min/37º/vel 4.
Junte a baunilha e programe 6 min/vel 4.
Junte a farinha e a pitada de sal e programe 8 seg/vel 3.
Verta para a forma e leve ao forno por 10/12 minutos (ou até o patito sair seco).
Quanto estiver cozido, deixe arrefecer durante 10 minutos, desenforme e tire o papel vegetal. Reserve.

Preparação do recheio:
Separe as gemas das claras e reserve.
Junte a gelatina a 60 gr leite à temperatura ambiente (para hidratar a gelatina) e reserve.
No copo da Bimby limpo, coloque a borboleta, junte as gemas, 50 gr de açúcar em pó, 80 gr de leite e programe 5 min/90º/vel. 3,5. Adicione a gelatina hidratada no leite (gelatina + leite) e o whisky e envolva 15 seg/vel 2. Retire e deixe arrefecer. Precisará deste creme mais tarde à temperatura ambiente.
No copo limpo e seco, coloque a borboleta e bata as natas, bem frias, na velocidade 3,5, espreitando pelo buraco do copo. Quando estiverem quase montadas, junte 50 gr de açúcar em pó e deixe bater até estarem montadas.
Retire do copo, separe 200 gr (para usar posteriormente na decoração), e reserve tudo no frio.
No copo bem limpo e seco, coloque a borboleta e as claras e bata 4 min/vel 3,5. Quando faltarem 30 segundos para terminar, junte 50 gr de açúcar em pó.
Quando terminar de bater as claras, o creme já deve estar à temperatura ambiente. Caso contrário, aguarde até o creme estar à temperatura ambiente.
Junte 1/3 das natas e envolva suavemente no creme amarelo. Junte metade das natas restantes e envolva de novo. Por fim deite as restantes natas e envolva bem.
Faça o mesmo com as claras: junte as claras ao preparado anterior em 3 etapas, envolvendo sempre suavemente para não perder o volume. Reserve.

Preparação cobertura: (fazer somente quando o recheio já estiver congelado – ver a etapa “montagem”).
Coloque as folhas de gelatina em água, para hidratar.
No copo limpo coloque a borboleta, as gemas, a água e o açúcar e cozinhe 5 min/90º/vel3,5.
Quando terminar junte as folhas de gelatina espremidas e envolva 30 seg/vel 2.
Verta sobre o recheio já congelado (ver etapa “montagem”).

Montagem:
Na base da forma, com as laterais previamente forradas com a fita de acetato ou papel vegetal, coloque o bolo e verta sobre ele o xarope, deixando absorver todo o xarope.
Verta o recheio sobre o bolo e leve a congelar cerca de 4 horas.
Verta a cobertura sobre o recheio congelado e leve novamente ao congelador.
Quando a cobertura estiver congelada, coloque o açúcar por cima e queime com um maçarico (ou, com muito, muito cuidado, um ferro de queimar).
Leve a congelar novamente.
Enquanto espera, torre a amêndoa numa frigideira antiaderente, e deixe arrefecer.
Quando a tarte estiver congelada, avance com a decoração: coloque no saco de pasteleiro as natas guardadas e decore à volta da cobertura. Por fim, polvilhe com a amêndoa torrada por cima.
Leve ao congelador até uma hora antes de servir.

 E pronto! Dá um pouco de trabalho, mas o resultado vale a pena!


Fonte: http://www.comohepuestolacocina.es/2016/07/tarta-helada-al-whisky-thermomix.html