Seguidores

domingo, 21 de maio de 2017

Apple Brown Betty.

Apple Brown Betty.

Acordar a casa com um cheiro divinal a sair do forno, uma mistura de canela, caramelo e maçãs… Abrir o forno e ouvir o borbulhar do caramelo… E deixar o cheiro a passear pela casa… É algo que por palavras não se consegue explicar…
Hum… Só pelo cheiro, deve estar divinal… Só me apetece esquecer que há festa e meter uma colher na taça…

Esta é uma bela sobremesa de Outono, o cheiro faz lembrar aqueles dias frios, nos quais sabe tão bem ficar debaixo de uma manta em frente à lareira, a ver um bom filme ou a ler um bom livro… E a saborear esta reconfortante sobremesa quente, com o ácido das natas azedas e a bola de gelado a derreter, misturando-se… Delicioso!

Vai ser a minha sobremesa de eleição para esses dias.

Bem, não é uma sobremesa minha, é um doce típico americano, recriado pelo Mestre Pasteleiro Rofolph Van Veen (costuma passar um programa dele no canal kitchen, que é uma coisa… com cada pecado… só olhar engorda… A única coisa que lhe falta é mesmo uma Bimby na cozinha!) Eu só adaptei à Bimby.

Vai precisar de uma tarteira funda (eu, como não tinha, usei um tabuleiro).
O açúcar convém ser mascavado escuro, para dar ao doce a cor de caramelo e um sabor diferente do açúcar normal. Como solução de recurso poderá usar açúcar amarelo.




Receita:

 10/12 maçãs (de qualquer qualidade) descascadas e sem caroço, partidas em meias luas largas (ou seja, em oitavos).
2 colheres de chá de canela

Crumble:
200gr de farinha de trigo
100gr de açúcar mascavado escuro
100gr de manteiga sem sal

Xarope:
150gr de açúcar mascavado escuro
60gr de água
Sumo de 1 limão

Preparação:

Comece pelo crumble: deite no copo todos os ingredientes e programe 20 seg/vel 4, retire e reserve (deve ficar com um aspeto de migalhas).

Depois, passe ao xarope: coloque no copo todos os ingredientes e programe 10 min/100º/vel 2.
Enquanto o xarope cozinha, descasque as maçãs e coloque-as na tarteira. Vai ficar com muito volume, mas não é preocupante porque depois baixa (é por isso que a tarteira deve ser alta).
Misture a canela com as maçãs e envolva.

Pré-aqueça o forno a 180º.

Deite metade do crumble por cima das maçãs, tentando preencher todos os espaços. Após, verta o xarope por cima; ele vai ajudar o crumble a penetrar nas maçãs.

Coloque o restante crumble por cima das maçãs e leve ao forno cerca de 45 minutos (este tempo pode variar de forno para forno).

Quando as maçãs baixarem de volume, o caramelo borbulhar e a crosta estiver dourada, está pronto.
Deixe arrefecer uns minutos, sirva com uma colher e apresente acompanhado com uma colher de sopa de creme fraiche (ou natas azedas, ou ainda iogurte natural grego) e uma bola de gelado por cima.


Depois, esqueça o mundo, encoste-se no sofá e disfrute desta delícia…